Sociedade

69 pessoas detidas por crime de desobediência e mais de 1500 estabelecimentos encerrados

PSP e GNR têm levado a cabo operações de sensibilização, vigilância e fiscalização depis de ter sido decretado estado de emergência.

Foram detidas 69 pessoas pelo crime de desobediência, atendendo às medidas impostas pelo estado de emergência decretado no âmbito da epidemia de covid-19, até às 18h deste sábado, anunciou o Governo.

As detenções foram feitas no âmbito de “violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência”, lê-se no comunicado do Ministério da Administração Interna.

Segundo os dados do Governo, foram também encerrados 1509 estabelecimentos “por incumprimento das normas estabelecidas”.

“Dando cumprimento às determinações do Decreto que regulamenta o Estado de Emergência, em vigor desde ‪as 00h00 do dia 22 de março, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública têm vindo a desenvolver uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população”, sublinha a tutela.