Cultura

Gulbenkian abre concurso para apoiar artistas e cultura

As candidaturas abrem esta segunda-feira e encerram no próximo dia 6. 

A Fundação Calouste Gulbenkian decidiu abrir um concurso com o intuito de apoiar os profissionais de cultura numa altura em que a crise provocada pela covid-19 está a levar ao cancelamento e encerramento de várias atividades do setor para impedir a propagação da doença. O concurso é dirigido a profissionais que trabalham nas seguintes áreas: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.

"Podem candidatar-se artistas, técnicos e demais profissionais especializados, incluindo os mais jovens que exercem atividade há menos tempo. Este Apoio destina-se também a organizações privadas de produção artística sem fins lucrativos, que tenham comprovadamente visto a sua atividade suspensa pelo cancelamento de concertos, espetáculos ou exposições, como resultado das medidas impostas pela resposta à pandemia", explica a Fundação numa nota enviada às redações. 

As candidaturas abrem esta segunda-feira e encerram no próximo dia 6.  O apoio engloba artistas portugueses ou residentes que trabalham em território nacional e que sejam trabalhadores independentes há pelo menos 6 meses, assim como técnicos e demais profissionais especializados contratados para concertos, espetáculos ou exposições alvo de cancelamento.

As estruturas de produção artística podem candidatar-se também ao concurso com o objetivo de conseguirem apoios relativos a encargos de pessoal e a custos gerais previstos, para evitar despedimentos e garantir uma estabilidade económica.

Os apoios monetários podem chegar aos 2500 euros para artistas e técnicos e 20000 Euros para estruturas de produção artística. As candidaturas serão revistas pelo Conselho de Administração da Fundação Gulbenkian por proposta de um Júri constituído para o efeito para garantir que estas estão dentro das exigências da Gulbenkian.