Desporto

Messi confirma redução salarial de 70% do plantel do Barcelona

Messi revelou hoje que os futebolistas do Barcelona aceitaram uma redução salarial de 70%, devido à pandemia da covid-19

O argentino Lionel Messi revelou esta segunda-feira que o plantel do Barcelona aceitou uma redução salarial de 70%, devido à crise motivada pela pandemia da covid-19.

“Além da redução de 70% do nosso salário durante o estado de emergência, vamos contribuir para que os empregados do clube possam receber a 100% o seu salário durante esta situação”, escreveu.

Na mesma nota, Messi deixou ainda críticas a alguns dos dirigentes do clube blaugrana, garantindo que a demora da decisão teve que ver com a necessidade de encontrar uma solução para ajudar os funcionários – que, ao contrário dos jogadores, vão continuar a receber o salário por inteiro enquanto durar o estado de emergência.

"Não deixa de nos surpreender que, dentro do clube, tenha havido quem nos tenha querido colocar sob escrutínio e pressão para fazermos algo que sempre foi claro que faríamos. Se o acordo demorou alguns dias, foi simplesmente porque estávamos à procura de uma fórmula para ajudar o clube e os trabalhadores neste momento tão difícil", pode ler-se.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Leo Messi (@leomessi) on