Cultura

Rock in Rio Lisboa só volta em 2021

Festival que ia receber Foo Fighters, Camila Cabello ou The National foi adiado para o próximo ano.

Devido ao estado de pandemia gerado pela Covid-19, o festival Rock in Rio Lisboa foi adiado para 2021 nos dias 19, 20, 26 e 27 de Junho.

A notícia foi avançada num comunicado escrito pela vice-presidente do festival, Roberta Medina, que lamentou a situação. " conscientes desta realidade, temos ao longo destes últimos dias estudado vários cenários que nos possibilitem continuar a levar a alegria às pessoas, criando momentos inesquecíveis", pode-se ler.

"Das várias opções avaliadas, todas implicariam retomar as montagens da Cidade do Rock num momento que acreditamos ainda não ser favorável (maio), pelo que tomámos a decisão de alterar as datas da 9.ª edição do Rock in Rio Lisboa para os dias 19, 20, 26 e 27 de junho de 2021, com a certeza de que esta será uma edição ainda mais mágica e especial. A festa está no nosso ADN e é esta partilha de emoções, esta energia revitalizante que queremos continuar a oferecer. E em 2022 estaremos de volta para a 10.ª edição, não deixando sequer espaço para a saudade e retomando a festa 'nos anos pares'".   

Os bilhetes já adquiridos continuam a ser válidos para as novas datas, ficando os dias em aberto até confirmação do cartaz. Assim que for levantado o estado de emergência, a organização do festival irá partilhar outras informações dirigidas aos portadores de bilhetes, assim como novidades relativas a cartaz.

O cartaz do Rock in Rio 2020 contava com a presença de artistas como  Foo Fighters, Camila Cabello, The National, The Black Eyed Peas, Liam Gallagher, Duran Duran, Bush, Post Malone e Anitta.

O estado de emergência levou já a que vários festivais, como o Tremos, na Ilha de São Miguel, nos Açores, ou o MIL fossem cancelados. Alguns dos festivais que já confirmaram que iam ser reagendados são o NOS Primavera Sound, no Porto, ID No Limits, em Cascais ou o Festival Músicas do Mundo, em Sines.