Internacional

Papa Francisco dá início a fundo de emergência para países em desenvolvimento

O Vaticano contribuiu com cerca de 693 mil euros, que estão destinados a chegar a mais de 1100 dioceses na Ásia, África, Oceânia e uma parte da Amazónia.


O Papa Francisco deu início a um fundo de emergência que tem como objetivo ajudar as áreas afetadas pela covid-19 nos países em desenvolvimento.

O Vaticano contribuiu com cerca de 693 mil euros e o Papa deixou um apelo para que todas as igrejas, e dioceses e pessoas que possam e queiram contribuir, “contribuam a partir das Pontifícias Obras Missionárias de cada país”.

Através destas sociedades, o dinheiro poderá chegar a mais de 1100 dioceses espalhadas pela Ásia, África, Oceânia e uma parte da Amazónia.

Em março, o Papa Francisco doou 30 ventiladores a hospitais das zonas mais afetadas em Itália.