Internacional

Dinamarca anuncia reabertura de centros de dia, jardins-de-infância e escolas primárias

O país escandinavo é o segundo a anunciar a reabertura de alguns espaços, depois de a Áustria ter anunciado que ia reabrir algumas lojas e espaços comerciais em meados de abril.

A primeira-ministra dinamarquesa anunciou, esta terça-feira, que os centros de dia, jardins-de-infância e escolas primárias vão reabrir no dia 15 de abril.

Segundo a agência France-Press, que cita Mette Frederiksen, as autoridades sanitárias dinamarquesas consideraram que a partir dessa data já era “apropriado e justificável” a reabertura desses espaços, desde que medidas como o distanciamento social e a higienização das mãos continuem a ser cumpridas.

“A vida do dia-a-dia não vai voltar como era, por agora. Vamos viver com muitas restrições nos próximos meses”, explicou a chefe de Governo.

Quantos a bares, restaurantes, discotecas, centros comerciais, cabeleireiros e centros de massagens vão continuar encerrados e ajuntamentos com mais de 10 pessoas continuam proibidos.

A Dinamarca não é o primeiro país europeu a anunciar a reaberturas de alguns espaços. O anúncio da primeira-ministra dinamarquesa acontece um dia depois de a Áustria ser o primeiro país a anunciar que, em meados de abril, vai reabrir algumas lojas e espaços comerciais.

Na Dinamarca há, atualmente, cerca de 3300 casos de pacientes infetados com o novo coronavírus.