Sociedade

Heineken doa 15 milhões de euros à Cruz Vermelha

A Heineken pretende não recorrer a medidas de lay-off estrutural até ao final de 2020 e a pagar aos seus fornecedores de acordo com as respetivas condições de pagamento acordadas. 

Heineken doa 15 milhões de euros à Cruz Vermelha

A Heineken anunciou que vai doar 15 milhões de euros à Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (CICV), através de um comunicado enviado às redações.

Além da doação, a marca sublinhou alguns dos compromissos que pretende cumprir durante o combate contra a covid-19. A Heineken pretende não recorrer a medidas de lay-off estrutural até ao final de 2020 e a pagar aos seus fornecedores de acordo com as respetivas condições de pagamento acordadas, apoiando igualmente os seus fornecedores de pequena e média dimensão mais fragilizados mediante a realização de pagamentos antecipados.

A empresa afirma ainda estar a implementar várias iniciativas locais, "tais como: doação de água e de bebidas não alcoólicas, produção de higienizadores de mãos e contribuições monetárias para instalações médicas na linha da frente", pode ler-se na nota.

Os comentários estão desactivados.