Economia

Covid-19. Eurogrupo aprova pacote de 500 mil milhões de euros para responder à pandemia

Estados-membros da UE chegaram a acordo para uma resposta económica comum à pandemia.

Depois de vários dias e horas de discussão, os ministros das Finanças europeus chegaram, esta quinta-feira a acordo sobre um "pacote de dimensões sem precedentes" para fazer face à crise provocada pela pandemia da covid-19. O Eurogrupo aprovou um pacote de 500 mil milhões de euros.

O anúncio foi feito pelos vários ministros, que participaram na videoconferência conduzida, esta quinta-feira, desde Lisboa pelo ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo Mário Centeno.

"A reunião terminou com os ministros a aplaudir", anunciou o porta-voz de Centeno no Twitter.

Por sua vez, o ministro francês, Bruno Le Maire, falou num " excelente acordo" que garante "500 mil milhões de euros disponíveis imediatamente" e prevê "um fundo de relançamento" no futuro.