Vida

António Costa espera não ter de adiar casamento da filha

Primeiro-ministro quer levar Catarina ao ‘altar’ em outubro.

A filha do primeiro-ministro tem casamento marcado para outubro e para já está descartada uma eventual mudança de planos.

"Espero que não haja perturbações, que não seja adiado", disse António Costa, esta sexta-feira, sobre o casamento da filha Catarina, em conversa com Manuel Luís Goucha, em direto no Você na TV.

Costa adiantou ainda que não tinha realizado qualquer análise, pois não manifesta sintomas compatíveis com a covid-19. "Ainda não fiz nenhum teste. Não tenho sintomas e não tenho estado em contacto com pessoas de risco”.

No entanto, por precaução não tem estado presencialmente com a mãe, Maria Antónia Palla. "Deixei de visitar a minha mãe, que está no grupo de risco. Ela está a cumprir todas as regras", contou.

O líder do Gvoerno aproveitou ainda a ocasião para reiterar um apelo aos portugueses. "Vivam esta Páscoa com o espírito de sempre”, disse, sublinhando: “A melhor forma de estarmos juntos é estarmos afastados". "Ainda não vejo a luz. Quanto mais disciplinados formos agora, mas rápido chegamos ao fim”, acrescentou ainda.