Vida

‘Don’t stand so close to me’. Sting escreveu um hino ao distanciamento social 40 anos antes do tempo

Um clássico é clássico porque é intemporal, neste caso o êxito dos anos 80 nunca foi tão atual. Oiça a nova versão e siga o conselho de Sting, Jimmy Fallon e dos The Roots.

Nunca antes o clássico dos The Police ‘Don’t Stand So Close To Me’ fez tanto sentido como agora.

A pensar nisso, Sting, o apresentador Jimmy Fallon e a banda The Roots fizeram um cover da música, editada originalmente em 1980.

No vídeo da nova versão surgem os músicos todos separados, cumprindo o que diz a letra. Sting fez-se acompanhar da sua guitarra, mas grande parte dos outros músicos recorreram a objetos caseiros para ‘emprestar’ novos sons ao êxito dos The Police.

Don’t Stand So Close To Me até pode ter sido escrita a pensar na sexualidade dentro de uma sala de aula, mas mais parece ter sido inspirada por estes tempos pandémicos, seja como for ‘não fiques tão perto de mim’.

Veja a nova versão