Internacional

EUA. Por falta de espaço nas morgues, corpos foram armazenados em quartos de hospital

Atenção: As imagens podem ferir as suscetibilidades dos leitores mais sensíveis.

AFP
Twitter
Twitter

Devido ao número crescente de óbitos e à falta de espaço nas morgues norte-americanas, existem corpos que estão a ser guardados em salas de hospital e empilhados uns sobre os outros, no Hospital Sinai-Grace, em Detroit, nos Estados Unidos. Foram os próprios profissionais de saúde que denunciaram a situação através da partilha de imagens com a CNN. 

Dois funcionários da emergência confirmam à mesma fonte que as fotos foram capturadas no início de abril. Segundo os profissionais de saúde, pelo menos, um quarto, que normalmente é usado para estudos sobre hábitos de sono, foi usado para armazenar corpos porque a equipa da morgue não trabalhava à noite e esta estava cheia. 

Depois desta situação, o hospital decidiu encomendar unidades portáteis de refrigeração para armazenar os corpos para evitar que a situação se repetisse. A CNN visitou o hospital este sábado e confirmou que as unidades portáteis se encontram no parque de estacionamento, no exterior. 

O porta-voz do hospital Brian Taylor garantiu à CNN que "os pacientes que falecem neste hospital são tratados com respeito e dignidade e permanecem no local até que possam ser liberados adequadamente". "Como vários hospitais em Nova Iorque e em outros lugares, garantimos recursos adicionais, como unidades móveis de refrigeração, para ajudar a gerenciar temporariamente o problema de capacidade causado pela covid-19", assume.