Vida

Cristina Ferreira responde a acusações de plágio

A fundadora da Alameda Turquesa Carolina Santos acredita que um dos modelos de sapatos da marca foi plagiado propositadamente pela apresentadora para a sua marca Cristina Colletion.

Alameda Turquesa
Cristina Colletion
Alameda Turquesa
Cristina Colletion

Cristina Ferreira está a ser acusada de plagiar a marca de calçado portuguesa Alameda Turquesa. De acordo com a marca criada por Ana e Carolina Santos, a apresentadora plagiou dois modelos da marca e incluiu-os na sua coleção primavera-verão.

Durante a tarde, a apresentadora das manhãs da SIC decidiu partilhar nas redes sociais o comunicado dos seus advogados onde afirma que as acusações da Alameda Turquesa "são falsas e injustas" e diz que vai fazer de tudo para "proteger o seu bom nome e da sua equipa".  "É tão gritante a falsidade das acusações proferidas pela Alameda Portuguesa que bastará fazer uma pesquisa nos sites de várias marcas de calçado internacionais para confirmar que há vários modelos semelhantes", acusa a apresentadora das manhãs da SIC que afirma que irá recorrer à via judicial pelo "crime de difamação" cometido contra si.

Em março, quando Cristina Ferreira apresentou vários dos novos modelos, Carolina Santos foi alertada por algumas seguidoras de ambas as marcas para as pareçenças de alguns modelos. “Nesse dia recebi várias mensagens de seguidoras a alertar para o que estava a acontecer, umas pensavam que tínhamos modelos nossos na loja dela, outras que vendíamos o nosso trabalho manual para outras marcas, o que não é verdade”, explicou, em declarações ao Observador.

De acordo com a fundadora da Alameda Turquesa, há "dois modelos flagrantes, onde não é copiado apenas o trabalho manual mas a própria forma" e Carolina Santos sublinha que acredita que um dos modelos foi plagiado propositadamente pela apresentadora.  "Uma das sandálias foram usadas pela Sofía Vergara e isso foi notícia cá, é provavelmente o nosso modelo mais promovido em Portugal. Custam 300€ e ela usou isso para tornar o produto mais acessível ao público português" - as sandálias a que Carolina Santos se refere são vendidas pela marca de Cristina Ferreira por menos de 100 euros. “Podem dizer que é inspiração, podem mudar as cores ou a fivela, mas não deixam de ser cópias descaradas do nosso trabalho", afirma.

No passado, a Alameda Portuguesa foi convidada do programa “Você na TV”, antigo programa apresentado por Cristina Ferreira da TVI. O advogado da Alameda Turquesa enviou uma carta à Nolive, empresa que representa a loja virtual de Cristina Ferreira, onde foi pedido para a marca retirar os produtos em questão, no entanto a resposta não agradou à fundadora da marca portuguesa que apelida a reação de "uma provocação". “O feedback que tivemos foi que precisavam de tempo para ver o que se passava, mas hoje ela aparece no programa com uma das sandálias copiadas", aponta.

Carolina Santos decidiu então usar as redes sociais para partilhar a situação. “Que fique bem claro que não procuramos qualquer tipo de publicidade, isto é prejudicar deliberadamente uma marca portuguesa com sucesso lá fora”, sublinha.

Cristina Ferreira partilhou alguns dos sapatos da sua coleção, incluindo as sandálias que é acusada de plagiar e refere-se a elas como “uma tendência mundial e que estão presentes em várias coleções”. Esta reação fez com que Carolina Santos começasse a partilhar na conta oficial da marca de calçado várias sandálias da marca de Cristina Ferreira ao lado de calçado de outras marcas, questionando se as parecenças entre ambas são "também tendência".