Cultura

Morreu Rubem Fonseca

Escritor brasileiro completaria 95 anos dentro de menos de um mês.

Era um dos grandes nomes da literatura brasileira da segunda metade do século XX. Autor de Feliz Ano Novo (1976), A Coleira do Cão (1963), O Cobrador (1979), Rubem Fonseca morreu na tarde desta quarta-feira no Rio de Janeiro, na sequência de um enfarte. Tinha 94 anos.

De acordo com um familiar próximo citado pelo jornal O Globo, imediatamente depois de ter sofrido um enfarte por volta da hora do almoço, o escritor foi transportado da sua residência, no Leblon, para o Hospital Samaritano, onde viria a morrer, depois de os médicos não terem conseguido reanimá-lo. “Não sofreu nada. Simplesmente apagou, como um passarinho”, disse essa mesma fonte ao jornal brasileiro.

Apesar da idade avançada (completaria 95 anos dentro de menos de um mês), Rubem Fonseca não deixou de produzir. Nos últimos dez anos de vida, lançou cinco livros: o romance José (2011) e outros quatro de contos. Carne Crua, editado em 2018, foi o último.