Desporto

Bruno Fernandes: "Vim para o Manchester United para ganhar títulos"

Médio foi eleito o melhor jogador do mês de fevereiro na Premier League

Bruno Fernandes esteve esta quarta-feira a responder a perguntas dos adeptos do Manchester United no site oficial do clube e mostrou ter objetivos ambiciosos.

"Eu quero alcançar os quatro objetivos na próxima temporada: Liga dos Campeões, Premier League, Taça da Liga e Taça de Inglaterra. Eu quero vencer tudo. Vim para o Manchester United para ganhar títulos", afirmou o médio.

"Na próxima temporada, espero ter uma grande equipa. Aliás, já temos. Os reforços que vierem têm de vir com sede de triunfar. O Mata, por exemplo, já ganhou quase tudo como jogador e sinto que ele quer sempre mais. Quando sentimos isto em jogadores como o Mata, que ganhou Mundial, Europeu, Liga dos Campeões, isso incentiva-nos a querermos mais também", acrescentou.

Recorde-se que o internacional português chegou no final de janeiro a Inglaterra, depois de os red devils pagarem 55 milhões de euros ao Sporting.

Até à paragem da Liga inglesa, no mês passado, devido à pandemia de covid-19, o médio, de 25 anos, tinha participado em 9 jogos e anotado três golos. No seu mês de estreia na prova; foi ainda eleito o melhor jogador. A importância que assumiu na equipa está, de resto, à vista de todos: desde o treinador Ole Gunnar Solskjaer, à imprensa e adeptos, ninguém poupa nos elogios quando são chamados a falar sobre o ex-capitão leonino.

Há dias, o mais recente exemplo disso foram as declarações de Luke Shaw. "Ele tem sido fantástico para nós. O mais impressionante é que ele não está no clube há muito tempo, mas o que trouxe e a qualidade que tem... Não só no campo mas também no balneário. Ele é um líder para nós", afirmou o lateral inglês, num torneio de FIFA transmitido no Twitch. 

Durante a conversa de hoje, Bruno Fernandes teve ainda a oportunidade de falar sobre outro companheiro de equipa: o francês Paul Pogba, que ainda estava a recuperar de lesão quando as provas foram suspensas.

"Ele tem muitas qualidades. Conheço-o muito bem, porque joguei contra ele em Itália, quando ele estava na Juventus. Ele tem força e técnica. É difícil encontrar um jogador como ele. Tem muita qualidade. Espero que regresse em breve, porque tem muito para dar à equipa", considerou.

Já sobre o atual momento que o mundo atravessa, o antigo jogador do Sporting apelou a todos: "fiquem em casa".

"Temos de lutar todos juntos contra este vírus. Infelizmente, agora não podemos jogar, mas, se todos remarmos para o mesmo lado, em breve voltaremos a jogar e a sentir o vosso apoio", concluiu.