Internacional

Mulher com covid-19 dá à luz em coma e só vê o filho onze dias depois

Yanira Soriano, grávida de 34 semanas, deu entrada no Southside Hospital, em Nova Iorque, infetada com o novo coronavírus.

Uma mulher com uma pneumonia grave provocada pelo novo coronavírus deu à luz em coma e conheceu o filho onze dias depois, em Suffolk, Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Segundo avança a imprensa internacional, Yanira Soriano, de 36 anos, deu entrada no Southside Hospital, em Nova Iorque, com covid-19 e devido a complicações relacionadas com a pneumonia foi colocada em coma induzido, tendo sido também ligada de imediato a um ventilador.

Grávida de 34 semanas, a mulher, inconsciente, acabou por ser submetida a uma cesariana de urgência, dado que corria risco de vida e tinha baixos níveis de oxigénio.

Walter acabou por nascer às 34 semanas de gestação. Depois de recuperar, Yanira teve alta hospitalar e pegou no filho pela primeira vez, momento que foi filmado pelos profissionais de saúde que trabalham naquele hospital.

Enquanto a mãe recuperava, Walter ficou num hospital pediátrico ao cuidado dos médicos.