Politica

Petição para cancelamento das comemorações do 25 de Abril já tem mais de seis mil assinaturas

“É uma vergonha o que aprovaram. Não respeitam minimamente o povo”, lê-se no texto da petição dirigida às três maiores figuras do Estado.

Foi criada, esta quinta-feira, uma petição online que exige o cancelamento na Assembleia da República das cerimónias do 25 de abril.

O documento, que contava com mais de seis mil assinaturas, é dirigido a Marcelo Rebelo de Sousa, Ferro Rodrigues e António Costa.

“Numa altura em que se pede a todos os Portugueses que se abstenham de sair de casa. Numa altura em que se pede que não exista concentração de pessoas. Não se admite que a Assembleia, queira comemorar o 25 de abril, juntando centenas de pessoas no seu interior”, lê-se no texto da petição.

“Não se admite que os srs deputados não cumprem aquilo a que obrigam a todos nós, e bem.’Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti’. É uma vergonha o que aprovaram. Não respeitam minimamente o povo”, referem ainda no texto.

Sublinhe-se que o gabinete de Ferro Rodrigues revelou, esta sexta-feira, que a cerimónia, realizada no dia 25 de abril, um sábado, no Parlamento será adaptada às medidas de contenção em vigor, estimando-se que assistam no local cerca de 130 pessoas, entre elas o Presidente da República que já confirmou oficialmente a sua presença.