Sociedade

Homem abusou sexualmente de filha de 13 anos da namorada durante confinamento

Suspeito tem 35 anos.

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à identificação e detenção de um homem, de 35 anos, por fortes indícios da prática de vários crimes de abuso sexual de crianças agravado, na forma consumada, sobre uma menor de 13 anos.

Segundo um comunicado da autoridade, “os factos ocorreram entre meados de março”, coincidindo com o período de confinamento, “tendo o presumível autor aproveitado o facto de estar a residir com a vítima, uma vez que havia iniciado, há pouco tempo, um relacionamento amoroso com a mãe da menor”.

“A investigação apurou que o presumível agressor veio a manter, repetidamente, relações copulares com a vítima, quando a sua progenitora, por motivos profissionais, se ausentava da habitação comum”, acrescenta a mesma nota.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.