Sociedade

Governo prolonga suspensão de voos de e para Itália

Proibição aplica-se a todas as companhias aéreas.


O Governo decidiu alargar a suspensão de todos os voos de e para Itália por mais 14 dias devido à pandemia de covid-19, cuja situação continua intensa naquele país. A suspensão entra em vigor à meia-noite desta quarta-feira e prolonga-se até dia 6 de maio.

De acordo com um despacho publicado em Diário da República, a proibição envolve “todos os voos de todas as companhias aéreas, comerciais ou privadas, com origem de Itália ou destino para Itália, com destino ou partida dos aeroportos ou aeródromos portugueses”.

Ficam excluídos os “voos das aeronaves do Estado, voos para transporte exclusivo de carga e correio” e voos “de caráter humanitário ou emergência médica e as escalas técnicas para fins não comerciais”, bem como  “ voos das aeronaves que integram ou venham a integrar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), e bem assim aos demais voos já anteriormente excluídos da sua aplicação”.

Consulte aqui o despacho na íntegra.