Sociedade

Igreja lança plataforma de apoio espiritual e social

As paróquias do centro da cidade de Lisboa organizaram-se e abriram uma linha para apoio social e espiritual e reuniram num único site todas as organizações que estão a trabalhar no terreno.


Com o aumento do número de idosos e pessoas sem-abrigo que precisam de ajuda, as paróquias do centro de Lisboa criaram duas linhas de apoio para apoiarem a população mais vulnerável.

"Os que precisam de assinalar alguma carência social mais premente, podem telefonar para 218879549", pode ler-se no comunicado enviado por Edgar Clara, que refere ainda outra linha telefónica para os que necessitem de "apoio espiritual". "Mas também para quem sente a solidão, o distanciamento social e precise de apoio espiritual poderá telefonar para um dos padres que estará disponível todo o dia 927549975".

Só esta semana, a igreja de Santo António distribuiu o apoio a cerca de cem famílias. Aos sem-abrigo, cinco voluntários por noite distribuem cem refeições quentes, na igreja da Conceição Velha, Rua dos Bacalhoeiros, 123A, das 19h às 20h.

Na igreja de São Nicolau são distribuídas,  90 kits de refeição ao almoço na Rua dos Douradoures, 57, de segunda a sexta-feira, das 12h às 13h.

Também na igreja da Conceição Velha, são distribuídas, 120 jantares quentes, na Rua dos Bacalhoeiros, 123ª, de segunda a sexta-feira, das 19h às 20h.

Os idosos que estão assinalados por cada paróquia recebem também o apoio da Igreja de São Nicolau com bens e com ajuda na compra de medicamentos ou outras coisas de que têm necessidade. Para assinalar alguns casos de carência, devem contactar as respetivas paróquias.

O site reúne, também, os contactos dos capelães que estão a trabalhar nos hospitais que se encontram na área do centro da cidade de Lisboa, bem como dos hospitais que estão ligados à igreja católica.

O trabalho maior que não passa despercebido em toda a cidade e com maior empenho no centro da cidade é o da Comunidade Vida e Paz. Esta organização católica do Patriarcado de Lisboa dá apoio, neste momento, a mais de 430 pessoas.