Economia

Mota-Engil ganha concurso no México no valor de 636 milhões de euros

Construtora portuguesa vai liderar consórcio internacional para a construção de troço ferroviário que vai ligar cinco regiões no sul do México.

A Mota-Engil faz parte do consórcio internacional que venceu o concurso para a construção de um troço do megaprojeto ferroviário “Tren Maya”, no México, no valor de 636 milhões de euros.

A Mota-Engil vai liderar este consórcio (com 58%), que também conta com a China Communications Construction Company (CCCC), uma das quatro maiores construtoras do mundo. O contrato corresponde ao primeiro lanço, com 228 km, da importante infraestrutura ferroviária que pretende dinamizar a atividade económica de cinco estados no sul do México (Tabasco, Campeche, Yucatán, Quintan Roo e Chiapas), tendo sido o maior projeto de infraestruturas anunciado no mandato do atual presidente mexicano, Alfredo Lopes Obrador.

O contrato envolve a elaboração do projeto de execução, fornecimento de materiais e respetiva execução da plataforma e ferrovia.