Sociedade

Covid-19. Sindicato da PSP pede máscaras sociais reutilizáveis para polícias

Associação Sindical dos Profissionais da Polícia quer que este tipo de proteção passe a fazer parte do equipamento das autoridades policiais.

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) solicitou este sábado o fernecimento de máscaras sociais reutilizáveis ao Ministério da Administração Interna e que estas passem a fazer parte do equipamento das autoridades policiais, nomeadamente da PSP.

"Após o estado de emergência, a Polícia terá naturalmente mais intervenções com a população o que tornará a missão mais complexa do ponto de vista operacional e de maior risco de contágio”, lê-se no comunicado divulgado pela PSP, que diz que estes meios de proteção contra a covid-19 são indispensáveis.

De acordo com a nota divulgada, a ASPP/PSP defende que cada polícia devia ter pelo menos uma máscara social reutilizável como "ferramenta de trabalho" para uma maior segurança por parte das autoridades.

Em Portugal, recorde-se, o novo coronavírus já fez 880 mortes e mais de 23 mil infetados.