Vida

Profissionais de saúde alemães despem-se para pedir mais apoio do Governo

A iniciativa foi inspirada no gesto de um médico francês Alain Colombié que também partilhou fotografias nu, onde descreveu sentir-se “carne para canhão” na frente de batalha contra a covid-19. 

Um grupo de profissionais de saúde alemães decidiu realizar uma campanha de consciencialização, apelidada de Blanke Bedenken (Preocupações Nuas), onde partilharam fotos sem roupa a realizar as suas tarefas normais num hospital. O objetivo da campanha é mostrar como os profissionais de saúde se sentem 'despidos' e inseguros com a falta de equipamento de proteção individual nos hospitais.

Apesar de já terem feito vários apelos ao Governo e a produção no mercado interno ter vindo a aumentar, a quantidade de materiais não é suficiente para proteger todos os profisisonais de saúde.  “A nudez é um símbolo do quão vulneráveis estamos sem proteção”, explicou um dos médicos Ruben Bernau ao jornal alemão Ärzte-Zeitung. 

“Fui treinada para coser feridas. Porque é que tenho agora de coser a minha própria máscara de proteção?”, afirma outra das participantes, citada pelo The Guardian.

A iniciativa foi inspirada no gesto de um médico francês Alain Colombié que também partilhou fotografias nu, onde descreveu sentir-se “carne para canhão” na frente de batalha contra a covid-19.