Sociedade

Homem de 52 anos em prisão preventiva por violência doméstica em Celorico da Beira

GNR foi alertada para a agressão e dirigiu-se à residência do casal, onde deteve o agressor em flagrante.

O comando territorial da GNR da Guarda deteve nesta segunda-feira em flagrante um homem de 52 anos por violência doméstica em Celorico da Beira. O homem, que tinha já antecedentes pelo mesmo crime, foi presente ao Tribunal Judicial de Celorico da Beira, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva

Num comunicado enviado às redações nesta terça-feira às redações a GNR refere que, depois de alertada para uma situação de agressão do suspeito sobre a sua companheira, uma mulher de 54 anos, os militares se deslocaram de imediato à habitação de ambos. Foi então que, na presença da polícia, “o suspeito se insurgiu novamente contra a vítima, dirigindo-lhe ameaças de morte e injúrias à sua honra e dignidade” e os agentes procederam à detenção.

Numa revista de segurança, a GNR encontrou na posse do homem detido em flagrante “um cartucho de zagalotes, pertencente a uma caçadeira” da qual era proprietário. “O próprio entregou a arma de forma voluntária, tendo ficado apreendida como medida cautelar”, nota ainda a GNR no comunicado.

Dada a gravidade dos ferimentos, a vítima teve de ser transportada para uma unidade hospitalar da Guarda, onde recebeu assistência.