Sociedade

Lojas até 200 metros quadrados abrem segunda-feira. Centros comerciais só a 1 de junho

As lojas de 400 metros, por outro, irão abrir a 18 de maio, se a evolução da covid-19 no país o permitir, como os restaurantes e cafés, uma informação confirmada por Rui Rio depois de ter reunido com António Costa. 

António Costa esteve reunido com os parceiros sociais e com os partidos políticos para discutir o levantamento das medidas que serão tomadas a partir de segunda-feira, dia 4 de maio, e ainda nas datas seguintes, 18 de maio e 1 de junho.

As lojas de pequeno comércio até 200 metros quadrados e todos os cabeleireiros, esteticistas, stands automóveis livrarias e locais para praticar desportos individuais vão abrir esta segunda-feira, de acordo com os parceiros sociais que reuniram com o primeiro-ministro esta manhã. 

As lojas de 400 metros, por outro lado, irão abrir a 18 de maio, se a evolução da covid-19 no país o permitir, como os restaurantes e cafés,  uma informação confirmada por Rui Rio depois de ter reunido com António Costa. As Câmaras Municipais terão permissão para abrir estabelecimentos com áreas superiores a 400 metros no dia 18 de maio, caso se responsabilizem pelos mesmos.

No início de junho, é esperado que sejam reabertos os restantes estabelecimentos comerciais, como os centros comerciais.

Os planos do Governo português são semelhantes aos realizados na República Checa, onde começaram por retomar a atividade nas lojas até 200 metros quadrados, mais tarde as até 400 metros e, depois, os restantes estabelecimentos comerciais.