Sociedade

Assistentes operacionais de escolas básicas podem vir a reforçar equipas das escolas secundárias

"Não nos podemos esquecer que os agrupamentos de escolas têm um conjunto de assistentes operacionais e que existe um número muito significativo de escolas que vão estar encerradas, nomeadamente as do ensino básico”, afirmou o ministro da Educação.


Os assistentes operacionais das escolas básicas que se vão manter fechadas poderão ser chamados para reforçar as equipas das escolas secundárias que vão abrir no terceiro período para os alunos do 11.º e 12.º anos, segundo declarações do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, esta quarta-feira.

Questionado sobre se irá ser necessário contratar mais recursos humanos para a limpeza dos estabelecimentos de ensino, o ministro afirmou que "não nos podemos esquecer que os agrupamentos de escolas têm um conjunto de assistentes operacionais e que existe um número muito significativo de escolas que vão estar encerradas, nomeadamente as do ensino básico”.

De acordo com indicações Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), com a orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) e das Forças Armadas, as salas de aula e os refeitórios devem ser desinfetados quando ocorrer uma mudança de grupo dos alunos a utilizar o espaço. Segundo as orientações, as casas de banho e as zonas e objetos de uso comum, como corrimãos ou maçanetas, devem ser limpos pelo menos duas vezes de manhã e duas vezes à tarde.