Desporto

Italianos dizem que Ronaldo usou caso Dybala para não regressar a Itália

Segundo o Corriere dello Sport, o português não tem intenções de regressar a Turim num futuro próximo.

Cristiano Ronaldo e a Juventus estão no centro da polémica em Itália. O desportivo italiano Corriere dello Sport noticia, esta quinta-feira, que Cristiano Ronaldo se recusa a viajar para Itália, e justifica a decisão com o facto de o colega de equipa Paulo Dybala ter testado positivo à covid-19 pela quarta vez.

Segundo a publicação, a informação terá surgido "de uma mensagem partilhada pela comitiva que segue de perto Cristiano Ronaldo", que realça que o português está bem na Madeira e não tem qualquer intenção de voltar, para já, à competição, uma vez que não estão reunidas todas as condições de segurança, tendo em conta que a pandemia está longe de estar controlada em Itália. Assim, terá dado como exemplo, o caso de Paulo Dybala.

Recorde-se que Ronaldo está na Madeira com a família desde março e segundo o Corriere dello Sport, o português não tem intenções de regressar a Turim num futuro próximo.