Sociedade

Ministério Público pede julgamento para os 23 arguidos no caso Tancos

Debate instrutório do processo começou esta manhã. Entre os arguidos está o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes.

O Ministério Público pediu, esta segunda-feira, que todos os 23 arguidos no processo de Tancos sejam julgados pelos crimes pelos quais foram acusados.

O debate instrutório do processo começou esta manhã e logo no início foi feito o pedido pela procuradora do processo, Cláudia Porto.

Recorde-se que entre os 23 acusados estão o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes, o ex-diretor nacional da Polícia Judiciária Militar Luís Vieira, o ex-porta-voz daquela polícia Vasco Brazão, três militares da GNR e o ex-fuzileiro João Paulino, acusados de um conjunto de crimes que vão desde terrorismo, associação criminosa, denegação de justiça e prevaricação até falsificação de documentos, tráfico de influência, abuso de poder, recetação e detenção de arma proibida.