Sociedade

Já pode oferecer comida a pessoas em situação de sem-abrigo sem sair de casa

Visto o distanciamento social ser aconselhado e de modo a conter a propagação da covid-19, a start-up portuguesa EatTasy passou a disponibilizar-se para entregar almoços a sem-abrigos, que estão instalados nos albergues oficiais da Câmara Municipal de Lisboa, pagos por quem estiver interessado em ajudar. 

Numa altura em que a pandemia mundial deixou certos grupos, como pessoas em situação sem-abrigo, mais fragilizados,  foram criadas várias iniciativas para os poder ajudar. Visto o distanciamento social ser aconselhado e de modo a conter a propagação da covid-19, a start-up portuguesa EatTasy passou a disponibilizar-se para entregar almoços a sem-abrigos, que estão instalados nos albergues oficiais da Câmara Municipal de Lisboa, pagos por quem estiver interessado em ajudar. Assim, as pessoas podem apoiar quem precisa, mesmo sem sair de casa. 

O "menu solidário", como foi apelidado, tem o custo de 4,99 euros e inclui uma sopa e uma refeição. Para serem entregues no próprio dia, as encomendas devem ser feitas antes das 12h00. A EatTasty afirma, em comunicado, que esta iniciativa “veio para ficar”.