Economia

Pesca da sardinha pode ser reforçada

O grupo de trabalho da sardinha, maioritariamente constituído por Portugal e Espanha, está agora a trabalhar para integrar os dados destes cruzeiros científicos.


O ministro do Mar afirmou que a última avaliação ao 'stock' de pequenos pelágicos, como a sardinha, revelou "um bom recrutamento", confirmando dados de setembro, o que indica "oportunidades acrescidas para o futuro da pesca" em Portugal.

O cruzeiro de março mostra que há um bom recrutamento e oportunidades acrescidas para o futuro da pesca da sardinha em Portugal", afirmou Ricardo Serrão Santos, em reposta aos deputados, durante uma audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar.

De acordo com o governante, esta realidade vem confirmar os dados que já tinham sido apurados no cruzeiro de setembro.

O grupo de trabalho da sardinha, maioritariamente constituído por Portugal e Espanha, está agora a trabalhar para integrar os dados destes cruzeiros científicos.

O ministro do Mar disse ainda que sempre defendeu que os dados científicos devem ser arbitrados por outras entidades, que não aquelas que os apuraram, e também internacionalmente.

Assim, este grupo de trabalho vai reunir no próximo mês "para reavaliar o processo para o pós junho".