Economia

Centeno garante mil milhões para o emprego

Mário Centeno garantiu que Portugal poderá receber cerca de mil milhões de euros em ajudas para financiar o mercado de trabalho, através dos apoios comunitários, no âmbito da pandemia.

«Portugal poderá aceder a este financiamento para financiar as medidas de mercado de trabalho que tem adotado e que não se resumem ao layoff. São também os apoios às famílias para o acompanhamento dos filhos por causa do fecho das escolas. Este apoio pode ser superior a mil milhões de euros», disse em entrevista à RTP.

Entretanto, o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung noticiou na sua edição de sexta-feira que o ministro das Finanças não vai recandidatar-se a um segundo mandato na liderança do Eurogrupo.

A publicação adianta que Centeno é muito criticado pelos seus pares e já tomou a decisão, mas o governante português afirma que só anunciará a sua opção «em devido tempo». O mandato da presidência do Eurogrupo termina a 13 de julho.