Desporto

Pinto da Costa diz que FC Porto deve ser campeão se I Liga não for retomada

"O que se jogou não pode ser anulado"

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, considerou hoje que, caso a I Liga de futebol não se consiga concluir, o título devia ser entregue ao atual líder da prova. Para reforçar a sua posição, o líder dos azuis-e-brancos usou ainda como exemplo a decisão da Liga e da Federação Portuguesa de Futebol, que ascendeu ao primeiro escalão do futebol os dois primeiros classificados da Liga 2 (Nacional e Farense).

"O que se jogou não pode ser anulado. O que tem sido feito nos campeonatos que acabam é que conta a classificação que está, não a que gostaríamos que fosse. A própria federação e a Liga já o demonstraram quando interromperam a II Liga e quem subiu foi o primeiro e o segundo, quando o terceiro ainda tinha oportunidade de subida. Os dois últimos foram os que desceram, quando podiam hipoteticamente salvar-se. Não vejo que pudesse haver um critério para a II Liga e na I Liga ser diferente", disse, à saída de uma audiência sobre o Porto Canal com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém.

Pinto da Costa diz ainda que "há todas as condições para o futebol voltar". "Se o futebol não voltar, mais nenhuma atividade pode voltar. Corre muito mais perigo um funcionário da restauração do que um jogador, na casa dos 30, com cuidados médicos da máxima atenção".