Internacional

Países Baixos aconselham solteiros a encontrarem "amigo colorido" para combater falta de contacto físico

As autoridades alertaram ainda os cidadãos para o facto de que quanto maior for o número de parceiros sexuais, maior é a probabilidade de ser infetado com covid-19.

Depois de ter afirmado que as pessoas que recebem visitas em casa devem manter uma distância de 1,5 metros dos seus convidados e vice-versa - segundo as autoridades de saúde dos Países Baixos, as pessoas podem receber até 3 pessoas em sua casa, desde o levantamente de algumas restrições - o instituto nacional para a saúde pública, que administra o combate à covid-19, recebeu diversas críticas. Agora, o Governo emitiu uma orientação para as pessoas combaterem a falta de contacto físico e aconselhou as pessoas solteiras a arranjarem "um companheiro sexual". 

"Faz sentido que, como pessoa solteira, se queira contacto físico", afirmaram as autoridades de saúde holandesas, esta sexta-feira. "Por exemplo, encontrem-se com a mesma pessoa para ter contactos físicos ou sexuais, um amigo colorido, garantindo que está livre de doença", aconselharam. As autoridades alertaram ainda os cidadãos para o facto de que quanto maior for o número de parceiros sexuais, maior é a probabilidade de ser infetado com covid-19.

A tutela lançou ainda um aviso para os casais e apela a que não existam relações sexuais com uma pessoa que está sob suspeita de estar infetada. "Não faça sexo com o seu parceiro se ele está em isolamento por causa de uma suspeita de infeção com coronavírus", recomendam as autoridades. "O sexo consigo ou outros à distância é possível. Pense em contar histórias eróticas, masturbem-se juntos", sugerem.