Politica

Grão-mestre do GOL cita Papa Francisco: "Não basta ter um trabalho, é preciso que seja decente"

Congresso da maçonaria tem como tema principal a dignidade humana

O grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL), Fernando Lima, defendeu, na abertura do 16º congresso, que “o lugar da dignidade no mundo do trabalho” é central para os maçons “como o são hoje, mais que nunca, aqueles princípios e valores que nos guiam”.

O congresso da maçonaria, que se realizou este sábado através das plataformas digitais, teve como tema principal “a dignidade humana”.

O grão-mestre do GOL citou “o Papa Francisco quando, em 2013, afirmou que o trabalho é dignidade fundamental no humano, e que não está no poder, nem na cultura, e que uma sociedade que não ofereça trabalho a todos é uma sociedade injusta. Afirmou mais: que não basta ter um trabalho, é preciso que seja decente e não baseado em sistemas sociais, políticos e económicos que exploram as pessoas”.

Este foi o último congresso de Fernando Lima na liderança do GOL. As eleições na maçonaria estavam agendadas para dia 6 de junho, mas foram adiadas.