Internacional

Bolsonaro volta a desafiar confinamento, enquanto Brasil se tornou o quarto país com maior número de casos

Num vídeo pubicado na internet, Bolsonaro disse apoiar a manifestação no palácio presidencial: algo que se tornou um hábito a cada duas semanas, desafiando uma quarentena que é apoiada pela maioria dos brasileiros.

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a desafiar as regras de distanciamento social este domingo. Usando máscara, e depois de perder o segundo ministro da Saúde num período de cerca de um mês, posou para tirar fotografias com crianças entre uma multidão de apoiantes. Isto quando o Brasil tornou-se o quarto país com maior número de casos confirmados no mundo inteiro.

Num vídeo pubicado na internet, Bolsonaro disse apoiar a manifestação no palácio presidencial: algo que se tornou um hábito a cada duas semanas, desafiando uma quarentena que é apoiada pela maioria dos brasileiros. “Acima de tudo, [o povo] quer liberdade, quer democracia, quer respeito”, disse, acrescentando que os brasileiros querem retomar a atividade económica o mais rápido possível.

Com as quase 15 mil infeções por covid-19 registadas no sábado, o Brasil ultrapassou a Itália e Espanha em número de casos confirmados com coronavírus.

O país sul-americano tornou-se o quarto país com mais infeções no mundo inteiro, atrás apenas dos Estados Unidos, Rússia e Reino Unidos. No total, o número de casos com coronavírus no Brasil cifra-se nos233 511, segundo a Universidade Johns Hopkins.