Economia

Air France volta a voos diários Lisboa-Paris e retoma Porto em 6 junho

A Air France diz que, desde o início da crise da covid-19, está a adaptar a sua rede e o seu programa de voos em tempo real e em função das restrições e da procura.

 Os voos da Air France entre Lisboa e Paris voltam a ser diários a partir de 06 de junho, sendo retomadas no mesmo dia as ligações entre Paris e Porto, com três semanais, anunciou hoje a companhia aérea.

Com a atualização da operação da empresa francesa, após as alterações devido à pandemia da covid-19, "os voos entre Lisboa e Paris-CDG voltam a ser diários a partir de 06 de junho", passando progressivamente para dois voos diários no final do mês, refere em comunicado.

No Porto, a companhia "retoma os voos entre a Invicta e Paris-CDG em 06 de junho próximo, com três voos semanais, serviço que volta a ser diário a partir de 18 de junho", aponta ainda, acrescentando que o programa agora divulgado "está naturalmente sujeito à evolução da presente situação".

Desde 28 de março, a companhia francesa mantém em operação três voos semanais entre Lisboa e Paris-CDG (aeroporto Charles De Gaulle), em avião da família Airbus A320, ao mesmo tempo que a congénere holandesa do Grupo, a KLM, tem estado a operar (e continuará em junho) um voo diário entre Lisboa e Amesterdão-Schiphol, em Boeing B737 (138 lugares).

A Air France diz que, desde o início da crise da covid-19, está a adaptar a sua rede e o seu programa de voos em tempo real e em função das restrições e da procura.

Até segunda-feira, e desde o final de março, "tem assegurado entre 3% e 5% do seu programa habitual", concentrando-se na continuidade territorial e em manter uma ligação para os destinos considerados chave, na Europa e a nível internacional, tanto para o transporte de passageiros como de mercadorias, especifica a companhia aérea.

Nesse contexto, a Air France serve 43 destinos atualmente.

Entre hoje e o final de junho, e sujeita ao levantamento das restrições de viagem, a Air France prevê retomar gradualmente os seus voos, com um aumento gradual no número de frequências e destinos, em particular para a França continental, os 'Departamentos Ultramarinos' franceses e a Europa.

Este programa de voo vai representar cerca de 15% da capacidade implementada habitualmente neste período e será assegurada por 75 aparelhos da frota da Air France, que totaliza 224 aviões, resume a empresa.

A Air France informa ainda que, para assistir os seus clientes no âmbito da retoma de tráfego, ajusta regularmente o seu programa de voos, atualizando-o diariamente em todos os canais de distribuição e que os detalhes do programa para julho e agosto serão comunicados no início de junho.