Vida

Atriz Lori Loughlin aceita cumprir pena de prisão por esquema de corrupção

Vários famosos de Hollywood estiveram envolvidos neste esquema, como Felicity Huffman, atriz de Donas de Casa Desesperadas. 

A atriz Lori Loughlin e o marido Mossimo Giannuli concordaram em cumprir uma pena de prisão devido aos esquemas de corrupção universitária em que se envolveram, de modo a conseguirem com que as filhas estudassem em universidades de elite, como Yale e Stanford, a troco de dinheiro.

De acordo com papéis do tribunal federal de Boston, citados pela Associated Press, o casal irá declarar-se culpado esta sexta-feira, por videoconferência, do crime de fraude informática. 

Loughlin acordou em cumprir dois meses de prisão e Giannulli outros cinco, no entanto o tribunal ainda terá de decidir se aceita estas condições. Além da pena de prisão, a atriz vai ter de pagar 150 mil euros de multa, irá enfrentar um período de liberdade condicional durante dois anos e terá de fazer 100 horas de serviço comunitário. Giannuli enfrenta uma multa de 250 mil dólares, dois anos de liberdade condicional e 250 horas de serviço comunitário.

Recorde-se que vários famosos de Hollywood estiveram envolvidos neste esquema, como Felicity Huffman, atriz de Donas de Casa Desesperadas. Lori Loughlin e o marido foram acusados de pagar cerca de 445 mil euros à Universidade do Sul da Califórnia para que as duas filhas do casal fossem recrutadas para a equipa de remo da universidade, apesar de nem sequer praticarem o desporto.