Sociedade

Libertado homem acusado de violar enteada menor durante dois anos

Foi a mãe da jovem quem apanhou em flagrante o companheiro a abusar sexualmente da filha. Crimes começaram há dois anos.

Um socorrista de uma organização de Setúbal, de 42 anos, foi detido pela Polícia Judiciária por abusos sexuais continuados à enteada, atualmente com 17 anos.

A vítima revelou que os abusos sexuais começaram quando esta tinha 15 anos e que decorriam na casa onde vivia família toda, em Brejos do Assa, Palmela.

A mãe da vítima estranhou alguns comportamentos do companheiro em relação à filha e ficou mais alerta, tendo mesmo acabado por testemunhar os abusos em flagrante, na semana passada, escreve o Correio da Manhã.

Denunciou o caso às autoridades e o homem foi detido pela Polícia judiciária de Setúbal, entretanto foi levado a tribunal para primeiro interrogatório e conhecimento das medidas de coação. Não lhe foi aplicada a mais gravosa, tendo ficado sujeito a apresentações diárias às autoridades, obrigação de deixar a residência e uso de pulseira eletrónica para não se aproximar da vítima.