Sociedade

Pessoas que trabalham em zonas de risco da Grande Lisboa vão ser submetidas a testes de despiste à covid-19

A operação de testagem teve início este sábado.

Depois de o estado de calamidade ter sido prolongado até ao dia 15 de junho devido ao número de casos do novo coronavírus ter aumentado significativamente na região de Lisboa e Vale do Tejo, desde que as medidas de desconfinamento foram aplicadas, o Governo decidiu começar a testar todos os funcionários que trabalham em locais que são considerados fatores de risco.

De acordo com uma nota do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social enviada às redações, o objetivo principal desta ação é testar quem trabalha em "zonas com mais casos identificados e, em particular, em empresas e locais de trabalho com casos diagnosticados ou com fatores de risco associados. 

As autoridades de saúde portuguesas, o INEM, o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e o Instituto da Segurança Social (ISS) são as entidades que estão a gerir a operação que teve início este sábado e irá prolongar-se durante os próximos dias.