Sociedade

Presidente do Instituto de Agronomia desmente abate de cavalos garranos

O presidente do ISA diz que a informação veiculada pelo PAN é “falsa” e “não passa de um boato”, pelo que não consegue identificar a respetiva origem. 

DR  

António Guerreiro de Brito enviou hoje um comunicado ao i desmentindo que o Instituto Superior de Agronomia (ISA) tenha alguma vez equacionado o abate de cinco cavalos de raça garrana. O responsável lamentou que “nos sejam atribuídas atitudes que, sem dúvida, seriam, inqualificáveis e inexplicáveis, caso fossem elas verdadeiras”.

O comunicado vem na sequência de um pedido feito ontem pelo PAN no Parlamento, e noticiado pelo i, para que o Governo esclarecesse e travasse o abate de cavalos pelo ISA. O PAN referia “pelo menos cinco cavalos de raça garrana que estarão em risco de ser abatidos”.

O presidente do ISA diz que a informação veiculada pelo PAN é “falsa” e “não passa de um boato”, pelo que não consegue identificar a respetiva origem. António Guerreiro de Brito considera ainda que o partido deveria “fazer a necessária triagem” da informação e fala de “danos reputacionais injustos”.