Sociedade

Detidos mais três suspeitos da morte de Luís Giovani Rodrigues

Em janeiro já tinham sido detidos cinco suspeitos do homicídio do jovem.

Detidos mais três suspeitos da morte de Luís Giovani Rodrigues

A Polícia Judiciária (PJ) deteve mais três homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante Luís Giovani Rodrigues, em dezembro de 2019, em Bragança.

“A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, após diligências de investigação que vem realizando desde o conhecimento da morte, no dia 31 de dezembro de 2019, do jovem estudante Luís Giovani Rodrigues, procedeu à detenção de mais três homens suspeitos de estarem envolvidos nos acontecimentos que determinaram a morte daquele”, informa a autoridade em comunicado.

Recorde-se que, no passado dia 16 de janeiro de 2020, já tinham sido detidos cinco homens, com idades entre os 22 e os 35 anos.

Os suspeitos agora detidos têm idades entre os 24 e os 32 anos e vão ser presentes às Autoridades Judiciárias competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.

Recorde-se que Luís Giovani dos Santos Rodrigues morreu a 31 de dezembro do ano passado no hospital, depois de ser agredido à saída de um espaço de diversão noturna em Bragança.

O jovem, de nacionalidade cabo-verdiana, era estudante do primeiro ano do curso de Design de jogos digitais no Instituto Politécnico de Bragança.

Os comentários estão desactivados.