Internacional

Técnica policial que matou George Floyd proibida em França

Esta medida surge depois de várias pessoas se terem reunido em França, tal como nos Estados Unidos e em Portugal, para protestar contra o racismo e violência policial. 

O ministro do Interior de França, Christophe Castaner, anunciou, esta sexta-feira, numa conferência de imprensa, que a técnica policial utilizada pelo polícia norte-americano que levou à morte de George Floyd vai ser deixar der utlizada no país pelas autoridades e de ser ensinada nas academias de polícia. 

Esta medida surge depois de várias pessoas se terem reunido em França, tal como nos Estados Unidos e em Portugal, para protestar contra o racismo e violência policial. 

Castaner garantiu que “o método de prender o pescoço através de estrangulamento será abandonado e deixará de ser ensinado nas academias de polícia”. “Nenhum racista pode envergar dignamente o uniforme da polícia ou da ‘gendarmerie'”, disse o ministro.