Politica

Sondagem: Marcelo e Costa voltam a bater recordes

Ainda por efeito da resposta à covid-19 – e com uma presença permanente nas televisões e nos principais telejornais –, o Presidente da República e o primeiro-ministro somam saldos de popularidade inéditos.

A harmonia perfeita entre Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa – expressa por ambos na célebre visita conjunta à Autoeuropa, em Palmela – é aplaudida pela esmagadora maioria dos eleitores, como revela o barómetro mensal da Eurosondagem-Associação Mutualista Montepio para o SOL.

Com efeito, para mais de dois terços dos inquiridos (69%), António Costa fez bem em apoiar a recandidatura de Marcelo à Presidência da República

E, pelo menos a avaliar pela popularidade recorde do Presidente da República e do primeiro-ministro, Marcelo também terá feito bem em elogiar a atuação de António Costa e do seu Governo.
Numa altura em que muito se tem falado sobre a saída de Mário Centeno do Governo de António Costa, o barómetro é também claro na afirmação de que o ministro das Finanças deveria continuar com a tutela das contas públicas. Para 56% dos inquiridos, Centeno deve continuar ministro e só 25% consideram que deveria trocar o lugar no Executivo pelo de governador do Banco de Portugal em substituição de Carlos Costa, cujo mandato termina no próximo mês de julho.

No que respeita à popularidade dos restantes líderes políticos, Rui Rio também regista uma subida assinalável – associada à sua estratégia de cooperação com o Governo socialista no combate à covid-19.

Quanto aos restantes, assiste-se ao afundanço de André Silva (PAN), que é ultrapassado pelo sempre polémico André Ventura (Chega), enquanto Catarina Martins tem dos baixos índices de popularidade desde que coordena o BE, ficando bem atrás do líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos.

Como votaria se as eleições legislativas fossem hoje?

 

Como ve a atuação dos líderes políticos?

 

Ficha Técnica: Estudo de Opinião efetuado pela Eurosondagem para o jornal O SOL, o Porto Canal, Açoreano Oriental, Diário de Aveiro, Diário Insular dos Açores, Diário de Coimbra, Diário de Leiria, D.N. Madeira, Diário de Viseu, Região de Cister e Oeiras Actual (C.M.Oeiras), com o patrocínio da Associação Mutualista Montepio, de 1 a 4 de Junho a de 2020.Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados, para telemóveis e telefones da rede fixa. O Universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e Regiões Autónomas. Amostra estratificada por Região, e aleatória no que conserve ao Sexo e Faixa Etária. Foram efetuadas 1157 tentativas de entrevistas e, destas, 136 (11,8%) não aceitaram colaborar no Estudo de Opinião. .Foram validadas 1021 entrevistas. O erro máximo da Amostra é de 3,07%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste Estudo de Opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social.Lisboa, 4 de junho de 2020 O Responsável Técnico da Eurosondagem Rui Oliveira Costa