Desporto

Sérgio Conceição: "O vírus do fanatismo é tão perigoso como a covid-19"

Técnico do FC Porto comentou ataque ao autocarro do Benfica

Após a vitória (1-0) do FC Porto sobre o Marítimo, que permitiu aos azuis-e-brancos regressarem à liderança isolada da I Liga, Sérgio Conceição foi questionado sobre o ataque ao autocarro do Benfica, após o nulo frente ao Tondela, na semana passada, na Luz.

Embora sem se querer alongar sobre o tema, declarou: "Não vou comentar aquilo que se passa na casa do Benfica, devo sim como cidadão lamentar aquilo que aconteceu aos jogadores que iam no autocarro. Isso lamento. A covid é perigosa, mas penso que o vírus do fanatismo e este tipo de postura é tão perigoso como a covid. É isso que tenho a dizer".

Já sobre se o empate dos encarnados ante o Portimonense motivou a sua equipa na receção ao Marítimo, o técnico portista foi categórico: "Temos de nos focar em nós, temos de ganhar os nossos jogos. Não vale a pena estar a olhar para o adversário se depois não ganhas o teu jogo. O foco é no nosso trabalho diário".

O FC Porto lidera o campeonato português com 63 pontos, mais dois pontos do que o Benfica.