Sociedade

Obra em duna na Fonte da Telha contestada pela Zero

Em causa está uma estrada de alcatrão em plena duna. Associação aponta impactos negativos da obra.

Na semana passada, tiveram início obras de requalificação dunar na Fonte da Telha, em Almada. No entanto, estas obras incluem uma estrada de alcatrão em plena duna, entretanto já feita. Em comunicado, a associação ambientalista Zero referiu que o alcatroamento na duna “não se encontra previsto em nenhum plano conhecido”.

 A Zero explicou ainda que o projeto “é contrário às diretrizes estabelecidas” e que o Programa de Orla Costeira definido para a zona de Alcobaça-Espichel “é omisso em relação a qualquer intervenção nos acessos nesta localização, identificando toda esta zona como duna primária”. “Não é de todo compreensível que o Governo, através da Agência Portuguesa do Ambiente, tenha aprovado a obra em curso, uma vez que a mesma é contrária a todas as diretrizes emanadas, podendo mesmo ter efeitos negativos”, acrescentou a associação.

Além de o alcatroamento impermeabilizar “de forma dramática um troço considerável junto à linha de água e à arriba fóssil”, a obra vai “permitir aumentar o acesso e a implantação de mais atividades numa zona já sensível e vulnerável às alterações climáticas e à subida do nível do mar”, justificou a Zero.