Vida

Livro revela como foram os últimos dias de vida de Bob Marley: “Disseram-me que ele estava a morrer com cancro"

Agente das estrelas de Hollywood faz revelações num novo livro.

Howard Bloom foi agente de várias estrelas de Hollywood, sobretudo nos anos 80. Agora, e depois de dirigir várias carreiras, desde músicos a atores, decidiu escrever um livro. A obra, “Einstein, Michael Jackson & Me: A Search for Soul in the Power Pits of Rock and Roll”, revela várias curiosidades sobre os artistas, nomeadamente sobre Bob Marley.

Num excerto da obra, publicado pelo New York Post, Howard Bloom contou como foram os últimos dias de vida do jamaicano.

Bloom e Bob Marley não trabalharam durante muito tempo juntos. Ambos começaram a colaborar em meados de 1980, quando a carreira da estrela do reggae estava no seu auge. Contudo, mais tarde, no mesmo ano, o agente recebeu uma chamada inesperada e dolorosa. “Eles disseram-me que o Bob Marley estava a morrer com cancro numa clínica na Suíça e ninguém podia descobrir porque os paparazzi andavam atrás dele”, escreveu Bloom.

De acordo com o agente, o músico estava a ficar obcecado com essa perseguição por parte da imprensa. Todas as manhãs descia do quarto, via os jornais de todas as partes do mundo e verificava se alguém tinha escrito sobre a sua doença. Se não encontrasse nada, Bob Marley passava o dia ao ar livre a jogar futebol. No entanto, sempre que alguém mencionava algo sobre o cancro, o músico ficava no quarto, sentado no escuro.

O agente revela que numa determinada altura, Bob já não era seu cliente, mas sim amigo. "A minha missão era que o Bob passasse todos os dias de uma maneira que valesse a pena ser vivida".

No entanto, chegou um momento em que Bloom foi contactado para ser informado do fim da sua ligação ao artista.

“Recebi uma ligação de uma mulher que disse que o Bob não precisaria mais de mim. Foi uma das piores experiências da minha vida ”, lembra. “Isso significava que ele tinha desistido de viver. Aquela luz, esse piloto interno, apagou-se. Ele morreu duas semanas depois”, contou.

Bob Marley morreu a 11 de maio de 1981, aos 35 anos, numa clínica em Miami, Flórida, nos Estado Unidos, apenas quatro dias depois de ser transferido da clínica na Suíça.