Sociedade

Detido segundo suspeito do homicídio de Mota Jr

O rapper foi encontrado morto em Sesimbra, num descampado. 

Foi detido mais um suspeito do envolvimento na morte do rapper Mota Jr, esta segunda-feira, encontrado morto em Sesimbra, num descampado, depois de ter estado desaparecido durante dois meses. Segundo a TVI24, a detenção do suspeito, João Luizo, ocorreu em Manchester, Inglaterra.

As autoridades acreditam que João Luizo pode ter sido quem organizou o assalto à residência do rapper em busca de ouro e dinheiro, bastante exibido nos videoclipes do cantor. O jovem de 26 anos era procurado desde o final de maio pelas autoridades inglesas e já tinha vários mandados de captura internacionais em seu nome. 

O jovem de 26 anos está a aguardar o processo de extradição para Portugal. Recorde-se que esta não é a primeira detenção que ocorre no caso do homicídio de Mota Jr. No passado dia 27 de maio, um homem foi detido no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, vindo de Londres.