Economia

Inflação recua para 0,1% na zona euro e 0,6% na UE em maio

Em Portugal, a taxa de inflação negativa agravou-se, situando-se nos -0,6% face aos -0,1% de abril, sendo que em maio de 2019 era de 0,3%, anunciou esta quarta-feira o Eurostat.

A taxa de inflação anual recuou em maio para 0,1% na zona euro e 0,6% na União Europeia (UE) devido aos impactos económicos da covid-19, com Portugal a registar uma taxa negativa (-0,6%), segundo divulgou esta quarta-feira o Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, em maio, a inflação anual recuou na zona euro para os 0,1%, face aos 0,3% de abril e aos 1,2% homólogos.

Na UE, a taxa de inflação recuou para os 0,6%, quer na variação em cadeia (0,7% em abril), quer face aos 1,6% de maio de 2019.

As taxas de inflação mais baixas foram registadas, em maio, na Estónia (-1,8%), no Luxemburgo (-1,6%), em Chipre e na Eslovénia (-1,4% cada) e as mais altas na Polónia (3,4%), na República Checa (3,1%) e na Hungria (2,2%).

Face a abril, a inflação anual recuou em 20 Estados-membros, manteve-se estável em dois e aumentou noutros cinco.

Em Portugal, a taxa de inflação negativa agravou-se, situando-se nos -0,6% face aos -0,1% de abril, sendo que em maio de 2019 era de 0,3%.