Internacional

Pandemia já matou mais de 445 mil pessoas e infetou 8,2 milhões em todo o mundo

Portugal, que esta quarta-feira registou um total de 1.523 mortes e 37.672 casos, é o 28.º país do mundo com mais óbitos e o 33.º em número de infeções.

Há registo de 445.213 mortes em todo o mundo devido à pandemia da covid-19. De acordo com um balanço da AFP, baseado em dados oficiais, o novo coronavírus já infetou mais de 8,2 milhões de pessoas.

De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, até às 19h00 desta quarta-feira (20:00 de Lisboa), foram oficialmente diagnosticados 8.269.170 casos de infeção em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro.

Destes infetados, pelo menos 3.785.500 são agora considerados curados.

De realçar que este número representa apenas uma fração do total real de infeções, uma vez que um grande número de países está a testar apenas os casos que requerem tratamento hospitalar.

Os países com mais óbitos nas últimas 24 horas são a Índia, com 2.003 novas mortes, o Brasil, com 1.282, e o México, com 730.

Os Estados Unidos continuam a ser o país mais afetado em termos de número de óbitos e de casos, com 117.290 mortes e 2.148.357 casos.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 45.241 óbitos e 923.189 casos, o Reino Unido, com 42.153 mortes e 299.251 casos, a Itália, com 34.448 mortes e 237.828 casos, e a França, com 29.575 mortes e 194.675 casos.

A Bélgica continua a ser o país que apresenta maior número de óbitos face à sua população, com 83 mortes por cada 100.000 habitantes.

Portugal, que esta quarta-feira registou um total de 1.523 mortes e 37.672 casos, é o 28.º país do mundo com mais óbitos e o 33.º em número de infeções.