Internacional

Famílias italianas vão receber até 500 euros para fazer férias no país

Bónus é destinado às famílias que ganham menos de 40.000 euros por ano.

As famílias italianas de baixos rendimentos vão receber até 500 euros para fazer férias no país. Segundo a AFP, o governo italiano criou um “bónus de férias” com o objetivo de recuperar o turismo.

De acordo com a agência noticiosa, que cita a administração fiscal italiana, estão reservados 2,4 mil milhões de euros para as famílias que ganham menos de 40.000 euros por ano.

O bónus pode ir até aos 150 euros para famílias monoparentais, 300 euros para casais e 500 euros para famílias de três ou mais pessoas, e pode ser utilizado para pagar o alojamento de férias em Itália entre o dia 1 de julho e o dia 31 de dezembro. 

O setor do turismo representa cerca de 13% do Produto Interno Bruto de Itália e é um dos mais afetados, à semelhança de outros países, pela pandemia de covid-19.