Internacional

Dupla erupção em vulcão na Indonésia cria coluna de fumo de 6 km

O vulcão Merapi é o mais ativo do país asiático.

Uma dupla erupção do vulcão indonésio Merapi, um dos mais ativos do mundo, gerou este domingo, dia 21 de junho, uma coluna de fumo e cinza de seis quilómetros de altura, informou a Agência Nacional de Geologia.

As erupções, que ocorreram com um intervalo de 14 minutos, levaram as autoridades a recomendar a evacuação das localidades num raio de três quilómetros ao redor da cratera, que se encontra no centro da ilha Java.

A Agência Nacional de Geologia não elevou o estado de alerta do vulcão, que registou 15 erupções desde 2019, nem fechou o aeroporto de Adisutjipto da cidade de Yogyakarta, localizada a 30 quilómetros a sul da cratera.

O Merapi, com 2.968 metros de altura, encontra-se no limite entre a região especial de Yogyakarta e a província de Java Central, e é o vulcão mais ativo do país asiático.

A última grande erupção do Merapi aconteceu em 2010 e matou 347 pessoas. Na altura, 400.000 cidadãos tiveram de abandonar as suas casas e, destes, 3.000 famílias foram realojadas permanentemente noutros locais.

O arquipélago indonésio está localizado dentro do denominado "Anel de Fogo" do Pacífico, uma zona com 127 vulcões ativos, que regista uma atividade sísmica e vulcânica de milhares de tremores ao ano, a maioria de pequena magnitude.